» Educação e Cursos
Postado em 13 de Novembro de 2017 ás 19:59h
Ricardo amplia Escolas Cidadãs Integrais e abre matrículas da Rede Estadual

O governador Ricardo Coutinho anunciou, nesta segunda-feira (13), no Espaço Cultural, a ampliação das Escolas Cidadãs Integrais da Rede Estadual que, a partir de 2018, contará com 100 unidades neste modelo de ensino, atendendo a aproximadamente 35 mil estudantes de 53 municípios paraibanos. Atualmente, a Rede Estadual dispõe de 33 escolas integrais. Na ocasião, o governador também abriu oficialmente as matrículas para o próximo ano letivo. Prefeitos, deputados estaduais e auxiliares do Governo estiveram presentes.
 
Durante a solenidade, também houve o lançamento da Plataforma "Aprendizagem em Foco", a apresentação do Mapa de Expansão das Escolas Cidadãs Integrais na Rede Estadual e a assinatura da Medida Provisória que institui a criação das Escolas Cidadãs Integrais, assim como a assinatura do Edital do Processo Seletivo Simplificado das Escolas Cidadãs Integrais (ECI) e Escolas Cidadãs Integrais Técnicas (ECIT) para gestores, professores e coordenadores.
 
Em seu pronunciamento, o governador Ricardo Coutinho ressaltou que a educação deve existir em função dos alunos, ser de qualidade e proporcionar melhores oportunidades de futuro para todos. "Com as Escolas Integrais estamos semeando o futuro desses jovens que amanhã terão mais chances na vida. É o maior salto de qualidade que a escola pública já viu. Um terço dos alunos do ensino médio estudará em tempo integral, com matérias transversais e educação de qualidade", frisou.
 
Ricardo Coutinho ainda enfatizou que o Governo do Estado trabalha muito pela renovação da escola pública, investindo na parte estrutural, pedagógica e na qualificação dos professores. "Essa gestão deu passos significativos no resgate do papel essencial da escola pública. Hoje os alunos se orgulham das escolas onde estudam e estamos dando oportunidades diferenciadas aos filhos do povo", garantiu.  
 
As Escolas Cidadãs Integrais funcionam em tempo integral com 9 aulas diárias, com um currículo integrado formado por disciplinas da base comum curricular, disciplinas da parte diversificada e disciplinas da base profissional (técnica), no caso das Escolas Cidadãs Integrais Técnicas (ECIT). Trata-se de uma política pública de educação integral, inserida nos Planos Estadual e Nacional de Educação.
 
De acordo com o secretário da Educação, Aléssio Trindade, a implantação do modelo integral na Rede Estadual teve início com oito escolas em 2016 e até este ano 33 unidades de ensino compartilhavam dessa experiência. "A partir de 2018 serão 100 Escolas Cidadãs Integrais espalhadas pela Paraíba. Os locais foram escolhidos com base nos indicadores de violência para tentar dar outras perspectivas para os jovens. Buscamos uma educação de alto nível para os estudantes, onde eles possam reconstruir sua história e estudar não somente a parte didática, mas adquirir conhecimentos para toda a vida", falou.
 
Na solenidade, o estudante Willian Alves, que é aluno da Escola Liliosa de Paiva Leite, em João Pessoa, fez a renovação da matrícula e comentou: "A Escola Integral será um grande passo rumo ao desenvolvimento da nossa educação. Temos vários professores competentes que nos deixam tranquilos em fazer parte desse novo modelo de ensino".
 
Os estudantes veteranos da Rede Estadual podem renovar a matrícula procurando as secretarias das escolas até o dia 30 de novembro. De 1º a 21 de dezembro serão abertas as inscrições para os estudantes novatos. A efetivação das matrículas, com possíveis ajustes, está agendada para o período de 22 a 29 de dezembro. Nos dias 1, 2, 5 e 6 de fevereiro acontecerá planejamento do ano letivo.
 
As aulas começam no dia 7 de fevereiro de 2018. A Rede Estadual disponibiliza cerca de 500 mil vagas e o Governo do Estado garante vagas para todos que procurem as escolas estaduais. Para tirar dúvidas sobre as escolas que se tornarão integrais e acerca das vagas disponíveis em cada unidade, os alunos poderão ligar para o número 3218-5138.


Por ParlamentoPB