Araruna-PB, Sábado, 24 de Junho de 2017
Publicidade
Policial
11 de Janeiro de 2017 ás 16:14h
Radialista é morto a tiros de espingarda 12 na frente de casa; polícia não descarta motivação política
A policia não descarta motivação politica para explicar o assassinato do radialista Antônio César Leal da Silva, de 43 anos. Ele foi morto a tiros na manhã desta quarta-feira (11) na cidade de Grossos, distante 332 quilômetros de Natal. César Monteiro, como era conhecido, estava saindo de casa para ir trabalhar quando foi surpreendido por homens ainda não identificados e assassinado. A polícia ainda não tem informações sobre a motivação do crime.

César Monteiro comandava um programa matinal em uma rádio da cidade. Além disso, ele também era funcionário público municipal. Segundo a polícia, esse foi o primeiro homicídio do ano em Grossos.

Segundo informações repassadas pela polícia, César estava saindo de casa quando foi abordado por homens que estavam um Celta. Os criminosos usaram escopetas calibre 12 para matá-lo. O caso será investigado pela Polícia Civil da cidade.

 

 

G1-RNReporterPB 

O que você achou desta notícia?
bom Gostei ruim Não Gostei
Gostei 0
Não Gostei 0
Por:
Link:
Comentários ()
© 2011 - 2017 - Araruna1.com
Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução parcial ou total deste site sem prévia autorização.