Araruna-PB, Segunda-Feira, 23 de Outubro de 2017
Publicidade
Meio ambiente e Clima
06 de Abril de 2017 ás 15:46h
Água da transposição na Paraíba está com vazão máxima, afirma ministro

O Rio Paraíba, na cidade de Monteiro, a 303 quilômetros de João Pessoa, começou a receber, desde o último fim de semana, o volume máximo de água previsto pelo projeto de Transposição do Rio São Francisco. Isso foi possível porque a última estação de bombeamento (EBV-6) do Eixo Leste da transposição, em Sertânia (PE), está funcionando com os dois conjuntos de moto-bomba da estrutura. A informação foi confirmada pelo Ministério da Integração Nacional, nesta quinta-feira (6).


De acordo com o ministério, o objetivo é garantir que o ‘Velho Chico’ chegue mais rápido ao açude Epitácio Pessoa, na cidade de Boqueirão (PB), e assim atender a mais de 700 mil pessoas em 18 cidades da região polarizada pela cidade de Campina Grande, a 130 quilômetros da Capital, ainda neste mês de abril. A garantia foi dada pelo ministro Helder Barbalho, durante audiência pública nessa quarta-feira, no Senado Federal.


Com a operação simultânea das duas bombas, o Projeto São Francisco está fornecendo à Paraíba capacidade máxima de 9 metros cúbicos por segundo. Até a última semana, com um dos equipamentos em fase de testes, a sexta elevatória (EBV-6) estava operando com uma motobomba e fornecendo vazão de 4,5 metros cúbicos.

As águas do ‘Velho Chico’ já passaram do reservatório Camalaú, no município de mesmo nome, na última semana, e continuam percorrendo o curso do Rio Paraíba até o açude Epitácio Pessoa.

Com 217 quilômetros de extensão, o Eixo Leste é composto por canais, seis estações de bombeamento, cinco aquedutos, um túnel, uma adutora e 12 reservatórios.

O que você achou desta notícia?
bom Gostei ruim Não Gostei
Gostei 0
Não Gostei 0
Por:
Link:
Comentários ()
© 2011 - 2017 - Araruna1.com
Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução parcial ou total deste site sem prévia autorização.