Notícia
Paraibanos terão o terceiro pior 13º salário do país este ano, diz Dieese
De acordo com o levantamento, cada paraibano receberá, em média, um 13º salário de R$ 1.541,30

Publicado em 09/11/2017

Reprodução

O pagamento do 13º salário deve injetar mais de R$ 200 bilhões até o mês de dezembro na economia do país. Na Paraíba, o incremento pode chegar a R$ 2,3 bilhões, valor que representa em torno de 4% do Produto Interno Bruto (PIB) do estado. A estimativa é do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

De acordo com o Dieese, o contingente que receberá o benefício no estado ultrapassa 1,3 milhão de pessoas. Cada paraibano receberá, em média, um 13º salário de R$ 1.541,30, valor superior em 3,34% a 2016. Essa é a terceira menor média do país, ficando à frente apenas dos estados do Maranhão e Piauí, ambos no Nordeste.

No estado, os empregados do mercado formal, celetistas ou estatutários, representam 45,9%, enquanto pensionistas e aposentados do INSS equivalem a 52,5%. O emprego doméstico com carteira assinada participa com 1,5%.

O levantamento também identificou que o montante previsto para ser pago este ano supera em 1,8% o valor apurado em 2016.


Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Araruna1 | O portal de notícias de Araruna e Região não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrarem.