Araruna-PB, Sábado, 18 de Novembro de 2017
Publicidade
Educação e Cursos
12 de Novembro de 2017 ás 17:03h
Enem tem jogo 'Campo Minado', boto e depilação a laser entre temas do 2º dia

O segundo e último dia da edição 2017 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) teve menos questões que pediam conhecimentos contextualizados no cotidiano. Porém, alguns enunciados foram inspirados no dia a dia e nos problemas da sociedade.

Entre os temas que apareceram nas provas de matemática e ciência da natureza estão o jogo "Campo Minado", famoso em computadores que rodam o sistema operacional Windows, técnicas de depilação a laser e duas questões citando um dos problemas da atualidade: motoristas que usam o celular enquanto dirigem, e como isso afeta o tempo de reação que eles têm no trânsito.

Temas que historicamente são comuns nas provas do Enem voltaram a aparecer nas questões. Em matemática, os candidatos precisaram calcular a mediana em uma pergunta envolvendo as taxas de desemprego no Brasil entre março de 2008 e março de 2009. Candidatos precisaram ainda calcular o ângulo de uma pessoa que pulava em uma cama elástica e o ângulo para realinhar uma releitura do quadro "O peixe".

Uma das questões pedia, ainda, conhecimentos de fração para calcular a altura da Igreja da Pampulha.

Em biologia, um boto foi a inspiração para uma questão envolvendo conhecimentos sobre o meio ambiente e a poluição. Duas irmãs também foram usadas em um enunciado que pedia dos estudantes conhecimentos sobre genética e DNA.

Na parte de ciências da natureza, predominaram temas de ecologia e biologia celular e molecular. Em física, o assunto predominante foi física elétrica. Em química, separação de mistura e eletroquímica foram destaques, segundo professor do COC Felipe Ribeiro.

"Prova boa, bem equilibrada, alguns exercícios exigiram cálculos, mas outros raciocínio baseado em conhecimento prévio. Duas questões interdisciplinares interessantes: osmose reversa e epilação a laser". - Felipe Ribeiro, professor do COC

Matemática

Em matemática, caíram questões de probabilidade envolvendo um caminhão cegonha que carregava brinquedos. Em outra pergunta o aluno precisava calcular a quantidade de produto necessário para tratar a água de uma piscina.

Em outra pergunta, o aluno tinha de responder qual pesquisa eleitoral dava menos margem de erro. Também caiu uma questão em que era necessário responder a velocidade de um bondinho.

As equações apareceram em questões que cobravam o juro de empréstimo. Trigonometria também apareceu em uma pergunta, acompanhada por um gráfico, onde era necessário definir a intensidade luminosa de um raio.

Ainda em matemática, apareceu uma questão em que era necessário responder a combinação ideal para gerar um número máximo de senhas. As chuvas foram mote de duas perguntas: uma onde uma tempestade encheu uma piscina e outra em que as chuvas fizeram com que algumas pessoas se atrasassem para o trabalho.
Os alunos tiveram de testar conhecimento em fração ao responder a altura da Igreja da Pampulha.

Douglas Fernando Campos Pedroso, professor de física do COC, também concordou com o equilíbrio entre questões fáceis e exigentes, e ressaltou que, em física, a prova privilegiou bastante a ondulatória.

“A prova de física apresentou umas três ou quatro questões mais fáceis, que com uma simples interpretação do texto e a do gráfico o aluno conseguia resolver facilmente a questão. Tinham questões um pouquinho mais difíceis e elaboradas. [Houve] alta incidência de ondulatória. Caiu bastante ondulatória, caiu bastante gráfico.”

Ele também destacou duas questões. Uma delas exigiu conteúdos de cinemática e pode ter ludibriado parte dos candidatos. “Muitos vão pensar que é uma questão fácil, e não é. Ela exige do aluno que ele sintetize todo o conhecimento que o aluno tem para responder essa questão. Então, ela é uma questão bem bonita e bem difícil.”

Outra questão que chamou a atenção do professor foi uma sobre o magnetismo e um gerador. “Achei interessante. Entretanto, achei que faltaram comandos para ela ficar mais clara.”

G1

O que você achou desta notícia?
bom Gostei ruim Não Gostei
Gostei 0
Não Gostei 0
Por:
Link:
Comentários ()
© 2011 - 2017 - Araruna1.com
Todos os direitos reservados
É proibida a reprodução parcial ou total deste site sem prévia autorização.