Notícia
'Lamentável torcer pelo #showdosatrasados', diz aluna de direito que perdeu o Enem e virou meme

Publicado em 13/11/2017

Reprodução

Depois de perder o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2015 e virar meme, Hevellyn Nicolle, 22 anos, agora cursa direito e quer se especializar em crimes na internet. “É lamentável torcer pelo atraso de um estudante com hashtags como #showdosatrasados. A redes sociais deveriam ser utilizada para incentivar os alunos. E estes, em vez de perder tempo fazendo vítimas de cyberbullying, deveriam planejar sua vida acadêmica”, desabafa.

No último domingo (5), ela participou de uma ação do Quero Bolsa na frente do complexo da Uninove, na Barra Funda, para auxiliar os estudantes que não estavam conseguindo encontrar seus locais de prova.

Depois que perdeu o Enem em 2015, Hevellyn ganhou uma bolsa de estudo do grupo e voltou a estudar direito, desta vez na Universidade Estácio de Sá. Ela havia trancado o curso de graduação em 2013 porque não conseguiu renovar o Financiamento Estudantil (Fies).

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

“Eu sempre vou sempre reconhecida como atrasada de 2015. O que me fez superar esse incômodo foi a bolsa que eu ganhei e a possibilidade de voltar a estudar. Vou me especializar em crimes na internet, tenho vários projetos futuros para acabar com bullying na internet.”
ENEM 2015 - SÁBADO (24) – SÃO PAULO (SP): Atrasada para o Enem é retirada da Uninove na Barra Funda em São Paulo (Foto: NELSON ANTOINE/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO/Arquivo)

#SHOWDOSATRASADOS

Inscritos ou não no Enem, milhares de internautas passaram a manhã de domingo (5) grudados no Twitter em busca de piadas. Enquanto os candidatos do exame brincavam com a agonia antes do primeiro dia de provas, os demais usuários alimentaram o #ShowDosAtrasados, uma das hashtags mais usadas entre os brasileiros na rede social.

G1 
 


Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Araruna1 | O portal de notícias de Araruna e Região não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrarem.