Notícia
Calçadas irregulares trazem risco aos pedestres em JP; CDL denúncia descaso da PMJP

Publicado em 11/01/2018

Reprodução

Desnível, buracos e batentes são obstáculos encontrados nas calçadas pelos pedestres que circulam nas ruas dos bairros de João Pessoa, muitas também sem acessibilidade. No Centro da cidade, onde se concentra a maior parte do comércio, a situação é crítica na Rua Almirante Barroso e no Parque Solon de Lucena (Lagoa), a exemplo da calçada de uma casa abandonada que está totalmente danificada com muitos buracos e nenhuma acessibilidade.

 

Na mesma rua, na parte do anel externo da Lagoa, as calçadas das lojas foram construídas sem nenhum nivelamento e chegam a ter batentes, causando quedas constantes e impedindo a passagem dos idosos e pessoas com deficiência. O taxista Antônio Santos, cuja praça fica nesse trecho da rua, conta que já presenciou várias quedas e já socorreu algumas pessoas. “É constante quedas por conta desse desnivelamento, eu mesmo já socorri uma moça que não percebeu o batente, caiu e quebrou o pé”, contou o taxista.

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Os próprios comerciários que trabalham nas lojas do Parque Solon de Lucena também contam que já presenciaram vários escorregões e tombos de pessoas nas calçadas do local. “As quedas e escorregões no período de chuva são constantes e nós já estamos acostumados a socorrer as pessoas. Eu acho que a prefeitura deveria fazer um plano para melhorar essas calçadas já que é obrigação e dever do poder público assegurar acessibilidade e segurança ao pedestre, mantendo ruas e calçadas bem cuidadas”, disse a vendedora Marina Elisa.

 

A população, principalmente as pessoas idosas ou que tenham alguma deficiência física ou visual, reclama. Na opinião da professora Vera Lúcia Valadares, andar nas principais ruas do centro de João Pessoa é uma espécie de malabarismo. "Os problemas de acessibilidade nas calçadas da nossa capital é antigo e nem a prefeitura nem os comerciantes tomam uma atitude para resolver e, enquanto isso, nós pedestres temos que fazer verdadeiro malabarismo para não se acidentar", destacou.

 

CDL

Conforme o presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas de João Pessoa, Nivaldo Vilar, todo comerciante deseja ter sua loja bonita e confortável e também melhorar a acessibilidade das calçadas para melhor atender os clientes. Ele lamentou que ainda existam algumas calçadas danificadas e sem padronização no comércio da capital. “Nós achamos que a prefeitura deveria fazer esse tipo de melhoramento em benefício da população, a exemplo do que fez agora embelezando a Avenida Beira Rio e, pelo que me consta, não houve nenhuma parceria com os lojistas. Então, porque não fazer o mesmo no Centro de João Pessoa, principalmente a parte mais antiga que deveria receber uma repaginada por parte da prefeitura”, disse.

 

 

Redação com  Jornal A União

Foto: Krystine Carneiro/G1


Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Araruna1 | O portal de notícias de Araruna e Região não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrarem.