Notícia
Ford EcoSport surgirá totalmente renovado e mais moderno em 2020

Publicado em 15/01/2018

Reprodução

O projeto do Ford EcoSport mudará completamente em 2020, incorporando o desenvolvimento e a tecnologia do Kuga, SUV de entrada da marca no mercado europeu, de acordo com o que apurou a reportagem de iG Carros.  Sua remodelação virá com ares modernos e atributos que atendem demandas globais, como mais equipamentos de segurança e uma versão híbrida, que contribuirá para uma maior economia de combustível e menores emissões de poluentes. Além disso,  o carro terá mais espaço, inclusive no porta-malas e o estepe não será mais instalado na traseira. Quando chegar ao mercado, sua modernidade intimidará ainda mais rivais como o Hyundai Creta, Jeep Compass, bem como os Renault Captur e Duster.

Divulgação
Entre outros itens, novo EcoSport deixará de ter estepe na traseira, inclusive no Brasil e no Mercosul

Apesar dessa previsão de mudança do Ford EcoSport , ele acaba de chegar ao mercado norte-americano, no lugar do antigo Escape, nome do Kuga europeu nos Estados Unidos. Lá, ele trazido da Índia e tem preços que partem de US$ 18.490, o que equivale a R$ 61mil numa conversão simples. O SUV será oferecido com motor 1.0 EcoBoost, de três cilindros, ou 2.0 aspirado com injeção direta, assim como o modelo vendido no Brasil.

O EcoSport no Brasil e o vendido nos EUA

Reprodução/Ford
Enfim, o SUV compacto começa a chegar aos EUA com algumas diferenças em relação ao brasileiro

Com o motor de maior cilindrada, o Ford EcoSport está disponível no mercado brasileiro apenas na versão topo de linha Titanium, oferecida por R$ 96.850, ante US$ 25.735 nos EUA, ou R$ 84.925, com a diferença que lá o carro tem tração integral, o que logo também vai ser incluído no portifólio da fabricante, mas por um preço que passará facilmente dos R$ 100 mil, ou mais de US$ 30 mil. Outro ponto diferente do EcoSport vendido nos EUA é o estepe na traseira opcional, uma vez que lá é permitido o uso de selante de pneus em vez do sobressalente.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Mudanças estruturais também foram adotadas no modelo feito na Índia e que chega aos Estados Unidos, principalmente no que se refere ao ajuste de suspensão. Mas a lista de equipamentos do SUV indiano é parecida com o brasileiro e inclui itens como aviso de ponto cego, teto-solar elétrico, sistema multimídia com tela sensível ao toque. No caso do som, aqui, a versão topo de linha tem 5 alto-falantes da Sony e lá são 9 e da renomada Bang & Olufusen, entre outros detalhes.

O “irmão maior”

Divulgação
Ford Edge ST 2019: Agora o conforto e o espaço do SUV está mais próximo da esportividade do que nunca

Substituindo o anterior Edge Sport na linha americana, a subdivisão esportiva Ford Performance é a responsável por apimentar o sucessor Ford Edge ST, que será apresentado no Salão de Detroit (EUA) em sua linha 2019. O SUV contará com motor 2.7 V6, dois turbocompressores e 335 cv, que trabalhará em conjunto com um câmbio automático de 8 marchas, tração nas quatro rodas, suspensão recalibrada que visa uma maior capacidade de fazer curvas em alta velocidade e resposta ao volante, bem como visual agressivo sobre rodas de 21 polegadas.

A sacada da marca com o Ford Edge ST é a de trazer esportividade refinada a SUVs menores que, por exemplo, o Dodge Durango R/T, até então o mais acessível no mundo dos SUVs esportivos americanos. Apesar do seu preço ainda não ter sido revelado, espera-se que custará pouco mais que os R$ 133.000 (em uma conversão direta) da atual versão Sport. Assim como nas versões convencionais do Ford (equipadas com um motor de 2 litros, com turbocompressor e 250 cv), a lista de equipamentos incluirá leitura automática de pedestres, frenagens de emergência e pós-colisão, piloto automático auto-adaptativo, assistência de direção, que auxiliará o motorista a contornar obstáculos, bem como sensores ao redor do carro, que lerão faixas nas vias e irão detectar objetos ao redor.

Assim como no EcoSport que virá em 2020, muitas tecnologias irão rechear o Edge. No interior, estarão presentes recursos de conexão automática com o Wase, zona WiFi, carregador sem fio de celular, bem como sistema Ford de multimídia com acessibilidade através de aplicativos. Esse carro será vendido nos Estados Unidos no 2º semestre desse ano, mas infelizmente a Ford do Brasil não prevê a vinda de nenhum esportivo da linha ST ou RS.

IG 
 


Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Araruna1 | O portal de notícias de Araruna e Região não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrarem.