Notícia
Chupeta 'Bubu Digital' de paraibanos ganha prêmio internacional

Publicado em 22/01/2018

Reprodução

O projeto paraibano “Bubu Digital” colocou mais um prêmio na estante. Os estudantes Rychard Nunes, Adjamilton Junior e Júlio Cézar Coêlho, do Instituto Federal da Paraíba (IFPB), foram os vencedores gerais do “Maker Project 2017”, prêmio internacional do Instituto de Engenheiros Elétricos e Eletrônicos (IEEE). Os vencedores foram anunciados em 16 de janeiro e cada um do trio ganhou US$ 500 em compras em um site como prêmio.

Além do valor, parte do prêmio é uma mentoria com o membro sênior do IEEE Tom Coughlin. O instituto se titula como a maior organização profissional técnica do mundo dedicada ao avanço da tecnologia em benefício da humanidade. Possui mais de 420 mil membros em mais de 160 países.

Os estudantes disseram não acreditar no destaque que tiveram. Júlio contou que foi uma surpresa descobrir que foram os ganhadores de todas as categorias do evento. Eles achavam que tinham ganho apenas na categoria que se inscreveram: "segurança e saúde".
Estudantes da PB criam projeto de chupeta que monitora saúde do bebê

Outro prêmio internacional conquistado em 2017 com a chupeta que salva a vida dos bebês foi o HackBrazil, realizado pelo Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT) em perceria com a Universidade Harvard, ambas nos Estados Unidos. Na ocasião eles levaram US$ 1,000 para investir no invento.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O projeto

A chupeta criada pela equipe “Questão de Brio” transfere dados sobre a saúde do bebê via conexão sem fio para os smartphones dos pais e os ajuda a monitorar a temperatura e umidade corporal da criança.

Com o monitoramento desses sinais, de forma constante e em tempo real, vai ser possível contribuir para o acompanhamento da saúde da criança e, numa escala maior, para a redução dos índices de mortalidade infantil.

G1 / PB


Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Araruna1 | O portal de notícias de Araruna e Região não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrarem.