Notícia
Novo golpe no WhatsApp promete um ano de plano de saúde gratuito; entenda

Publicado em 30/01/2018

Olhar Digital

Um golpe prometendo plano de saúde gratuito circula no WhatsApp nos últimos dias. A falsa promoção, distribuída em nome da Unimed, usa um método conhecido para enganar os usuários do aplicativo: um questionário disfarçado de pesquisa seguido por um pedido por compartilhamento com amigos. O objetivo dos criminosos seria ganhar dinheiro com tráfego e instalações de apps ilegítimos.

Denunciado pelo pesquisador de segurança sênior da Kaspersky Fabio Assolini, o golpe tem origem em três sites enganosos, que solicitam o envio de notificações via navegador. Em seguida, é emitido um alerta de que o usuário seria o ganhador de um ano de plano de saúde gratuito. O banner leva a uma página com três perguntas sobre hábitos do internauta, em um método muito similar o visto com o golpe do Make B. de O Boticário.

Na última etapa do golpe, a falsa página da Unimed exigia o compartilhamento da promoção com amigos e grupos no WhatsApp. De acordo com a Kaspersky, o objetivo é o mesmo observado em outros ataques: monetizar tráfego para sites cheios de propagandas, lucrar com a instalação de aplicativos ilegítimos, alugar base de notificações para algum criminoso ou obter pagamentos através da assinatura de serviços premium.

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Reprodução

 

Se você receber alguma mensagem suspeita de algum contato ou grupo do WhatsApp, a recomendação é jamais clicar em qualquer link anexado e tampouco fornecer dados pessoais. Na dúvida, acesse o site oficial da empresa em questão e veja se há alguma referência à suposta promoção. Por fim, use um testador de link para verificar se a página é segura.

Ainda não se sabe a extensão do número de pessoas atingidas por este golpe no WhatsApp. No entanto, a campanha maliciosa foi retirada do ar após a denúncia de Fabio Assolini no Twitter. Procurada pelo Olhar Digital, a Unimed não respondeu até o fechamento desta reportagem.


Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Araruna1 | O portal de notícias de Araruna e Região não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrarem.