Notícia
Coreias desfilam sob bandeira única em abertura de Olimpíada
A irmã do ditador norte-coreano Kim Jong-un e o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, tiveram encontro rápido antes da cerimônia

Publicado em 09/02/2018

Veja

As delegações das Coreia do Norte e Sul desfilaram juntas, sob uma bandeira unificada, na abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno nesta sexta-feira.

Os atletas entraram no Estádio Olímpico de Pyeongchang usando um mesmo uniforme branco e acenando a bandeira azul e branca que representa a unificação das duas nações. A delegação foi recebida pelo público com grande entusiasmo e muitas palmas.

Dois atletas fizeram o papel de porta-bandeira para a delegação, um de cada país. O atleta de bobsled sul-coreano Won Yun-jong e a jogadora de hockey no gelo Hwang Chung-gum entraram lado a lado carregando a bandeira.

A irmã do ditador norte-coreano Kim Jong-un, Kim Yo-jong, está no estádio para a cerimônia, assim como o presidente sul-coreano, Moon Jae-in. Os dois se encontraram no início do evento e trocaram um aperto de mãos, em um momento histórico para as nações que estão em guerra há mais de 65 anos.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno em Pyeongchang

O presidente da Coreia do Sul Moon Jae-in, sua esposa Kim Jung-Sook cumprimentam Kim Yo-Jong, a irmã do ditador da Coreia do Norte Kim Jong-un durante a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno em Pyeongchang – 09/02/2018 (Kim Kyung-Hoon/Reuters)

Moon tem um encontro marcado com membros da delegação olímpica da Coreia do Norte no sábado, incluindo Kim Yo-jong. Além da irmã do ditador, outros importantes membros do governo norte-coreano acompanham os atletas, entre eles Kim Yong-nam, o presidente da Assembleia Suprema, Choe Hwi, presidente do Comitê Nacional de Planejamento Esportivo, e Ri Son-gwon, que lidera o organismo que administra as relações intercoreanas no Norte.

Foto:François-Xavier Marit/AFP


Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Araruna1 | O portal de notícias de Araruna e Região não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrarem.