Notícia
Professores da UEPB param atividades nesta quarta e fazem reivindicações
Categoria faz ato para cobrar do governo do Estado reposição salarial de 26,42% e respeito à autonomia da UEPB

Publicado em 04/04/2018

Reprodução

Os professores da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) paralisam nesta quarta-feira (4) as atividades para cobrar do governo do Estado reposição salarial de 26,42% e respeito à autonomia da instituição. A Associação dos Docentes da UEPB (ADUEPB) realiza, a partir das 9 horas, um ato público na Praça João Pessoa, na Capital, para cobrar as reivindicações.

A paralisação e o ato público são resultados de uma mobilização dos professores que a ADUEPB vem realizando nas últimas semanas, nos oito campi da universidade. A atividade também terá a participação dos técnico-administrativos da instituição.

Os professores decidiram aderir à proposta de paralisação apresentada pela diretoria da ADUEPB após tentativas de abertura de diálogo com o governo do Estado.

Data Base

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Na pauta de reivindicações da data-base, também entregue à Reitoria da universidade, está inclusa a defesa inalienável da educação pública superior; defesa da autonomia administrativa e financeira da UEPB em conformidade com a lei 7.643 de 04 de agosto de 2004; respeito ao orçamento da UEPB por parte do poder do governo estadual e investimento na infraestrutura da UEPB.

Técnicos

Além dos técnico-administrativos da UEPB, também participarão da paralisação e do ato público os técnico-administrativos de secretarias e órgãos da administração indireta do governo do Estado, que desde o dia 28 de março estão em greve por tempo indeterminado, também por reposição salarial.