Esporte
Brasileiro Johnny Walker vence Khalil Rountree com nocaute espetacular no UFC Buenos Aires

Publicado em 18/11/2018 09:32

Reprodução

O nome é inglês e lembra uma conhecida marca de bebida, mas o talento é brasileiro. O meio-pesado Johnny Walker salvou a atuação do país no card principal do UFC Buenos Aires, evento realizado neste sábado (17).

O atleta tupiniquim, nascido em Belfort Roxo, interior do Rio de Janeiro, foi o único do país a vencer no programa mais importante do show na Argentina. Em uma atuação de galã, ele nocauteou o norte-americano Khalil Rountree de forma brutal, em menos de dois minutos de luta. 

Além de Walker, o Brasil esteve representado no card principal por dois atletas: Cezar Mutante perdeu para Ian Heinisch na decisão dos juízes, enquanto Poliana Botelho acabou finalizada por Cynthia Calvillo.

Apesar do desempenho ruim no card principal, no programa preliminar o Brasil foi bem: Michel Trator finalizou Bartosz Fabinski, enquanto Alexandre Pantoja pegou o pescoço de Ulka Sasaki. Por outro lado, o único revés no card de abertura foi do estreante Anderson Berinja, que foi superado na decisão por Nad Narimani.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

 
 

Johnny Walker estreia no UFC com nocaute brutal diante de Khalil Rountree

Johnny Walker já havia chamado a atenção durante o ‘Dana White Contender Series Brasil’, programa do presidente do UFC que visa revelar novos atletas para a franquia. Na ocasião, o brasileiro derrotou o veterano Luiz Henrique Frankenstein e garantiu o contrato com o Ultimate. Mas em sua primeira apresentação no octógono, o brasileiro levantou o público.

Tranquilo no cage, Walker atacava e esnobava em investidas de Rountree. Em um dos chutes do norte-americano, o brasileiro ironizou o golpe com uma carreta (veja o momento abaixo). Após a ‘brincadeira’, ele foi ao ataque para definir a disputa: Johnny encaixou um chute alto que balançou o rival. O lutador de Belfort Roxo foi cima e no clinch conectou uma cotovelada de encontro. Rountree sentiu o golpe e foi ao chão

Com mais alguns socos por cima, o brasileiro Johnny Walker chegou ao nocaute técnico em 1m57s do primeiro assalto.

Araruna1.com ©Copyright 2011-2018 Todos os direitos reservados

É proibida a reprodução parcial ou total deste site sem prévia autorização.