Entretenimento
‘1917’ chega aos cinemas da PB; confira estreias da semana

Publicado em 23/01/2020 17:24

Reprodução

Na história do cinema, os filmes de guerra são um filão explorado ostensivamente. Temos grandes nomes do gênero, como ‘O Resgate do Soldado Ryan’, ‘Platoon’ ou ‘Apocalypse Now’, só para citar alguns. Portanto, não é uma missão fácil se destacar.

‘1917’, novo filme de Sam Mendes (‘Beleza Americana’, ‘007 — Operação Skyfall’), chegou abalando as estruturas da temporada de premiações de 2020, se tornando um dos favoritos a levar prêmios importantes no Oscar, principalmente o de melhor filme.

A premissa, baseada em histórias contadas pelo avô de Sam, o escritor luso-descendente Alfred Mendes, é simples. Durante a Primeira Guerra Mundial, dois soldados britânicos são incumbidos de uma missão crucial: transmitir uma mensagem aos seus colegas de front, com ordens para abortar uma missão. Caso não consigam avisá-los a tempo, milhares de soldados morrerão em uma emboscada. O que muda tudo é a forma como a história é contada.

A opção por apresentar o filme em plano-sequência gera uma daquelas experiências sensoriais únicas que apenas o cinema pode proporcionar.  Para quem não está acostumado com terminologias do audiovisual, trata-se da escolha do diretor em apresentar uma cena sem cortes, acompanhando o desenrolar dos acontecimentos em tempo real.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

1000 x 100

Obviamente, o filme não foi realmente filmado em único take, mas sim em um engenhoso arranjo que conecta diversas cenas contínuas (a maior delas tem cerca de nove minutos), dando a sensação de que se trata de uma só. A atmosfera de imersão na história é completada pela trilha sonora assinada por Thoman Newman, que funciona como elemento narrativo importante, na ausência de outros elementos de edição.

Outro fator imprescindível a se destacar em um filme como ‘1917’ é o trabalho da direção de fotografia, assinado por Roger Deakins (vencedor da estatueta da categoria por ‘Blade Runner 2049’, na 14ª indicação). A sequência da corrida do protagonista em meio a uma cidade em escombros durante a noite, que rodou a internet há alguns meses, antes mesmo do lançamento oficial do filme, já mostrava um visual deslumbrante e o desafio que foi imposto pela produção a este profissional.

A vitória no Globo de Ouro como melhor drama gerou controvérsia na internet, especialmente por ser um filme que pouca gente havia visto até então, gerando ‘acusações’ de se tratar de um ‘Oscar bait’, termo usado para aqueles ‘filmes-isca’, formatados especialmente para ganhar premiações. Quem já assistiu ‘1917’ pode garantir que ele vai além disso.

Confira o trailer: