Araruna
Na tarde desta sexta, mais uma sessão da Câmara de Vereadores de Araruna (28/09); Confira resumo

Publicado em 29/09/2018 22:07 - Atualizado em 29/09/2018 22:07

Reprodução

Na tarde da última sexta-feira (28/09) aconteceu mais uma sessão ordinária na Câmara Municipal de Araruna/PB – Casa Nô Lima, sob a presidência do vereador Adailson Bernardo (PSB). Para a abertura, em conformidade com a Ordem do Dia, foi lida a ata da sessão anterior (21/09); como também um Ofício da Caixa Econômica, o qual desejava informar o fechamento do contrato de repasse para a reforma do Mercado Público do município; foram lidos ainda os requerimentos e os projetos de lei pautados para o dia. Veja resumo.

 

O vereador Rodolfo Cordeiro, o primeiro sorteado para discursar em plenário, iniciou agradecendo o contrato firmado para a reforma do Mercado Público por intermédio do deputado Aguinaldo Ribeiro. Agradeceu ainda ao deputado Arturzinho por ter enviado um ônibus ao município e também ao Governador Ricardo por ter destinado verbas para a urbanização do sítio Lagoa de Mata e para a reforma do INAMPS. Finalizou observando que o intuito de hoje era apenas para agradecer e que “no ano de 2019 Araruna se transformará em um verdadeiro canteiro de obras”.

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Posteriormente o Vereador Antônio Natanael fora sorteado, mas não fez uso da palavra, assim como também o vereador Antônio Olinto.

 

O vereador Caio Ludgério iniciou seu discurso observando que em outra oportunidade o Deputado Manoel Ludgério conseguiu um repasse para Araruna no valor de 180 mil, esse mesmo valor chegando a ser aumentado para quase 400 mil posteriormente, mas na época, a prefeita Wilma Maranhão não se fez presente para assinar essa emenda e o município acabou perdendo a quantia.

 

Próximo vereador a proferir seu discurso, Francisco Ednaldo (Naldo de Zé de Neco) usou da palavra apenas para saudar os presentes, solicitando também que registrasse em ata que o vereador Jeferson Targino não compareceu em detrimento de um problema de saúde e finalizou desejando um bom final de semana a todos.

 

O vereador Luís Martiniano iniciou agradecendo a gestão pelo cuidado que está tendo com o município, já que o gestor está fazendo troca de carteiras nas escolas, agradecendo também ao governador Ricardo Coutinho pela parceria. Destacou também a felicidade em saber que será feita a reforma da Creche de Carnaúba e a escola de Fazenda Nova, assim como também a construção mais três salas nesta escola. Reafirmando as palavras do vereador Rodolfo Cordeiro, continuou destacando que o ano de 2019 se tornará um canteiro de obras.

 

 O vereador Francisco Railton (Pepeta), iniciou seu discurso afirmando que o que vê em Araruna são pessoas revoltadas por falta de cirurgias e pelo não cumprimento das promessas feitas pelo gestor. Observou que o prefeito está fazendo a obrigação dele em relação as obras, mas está faltando com os cortes de terras, e que as águas que não estão sendo abastecidas para a população rural. Afirmou também ser favorável aos requerimentos e projetos apresentados na ordem do dia. Ponderou ainda para que os ararunenses e paraibanos tivessem cuidado na hora de votar para não fazer escolhas erradas.

 

O vereador Adailson Bernardo iniciou defendendo seus requerimentos: o primeiro pede para que se realize Concurso Público já que hoje há quase 400 contratos regidos pela prefeitura do município; requereu também a compra para equipamentos de limpeza de fossas; solicitou o roço da PB 125 ao DER; e solicitou ainda informações a secretaria de infraestrutura para saber quais são os critério usados quando o contribuinte está colocando materiais de construção na rua, já que ouviu duas versões essa semana; pediu também um voto de pesar para uma familiar sua, a senhora Rosilda.  Ponderou também para que os eleitores façam o voto consciente já que em Araruna apenas duas famílias tomam conta de um espaço muito grande na folha de pagamento do município de Araruna.

 

A vereadora Maria de Lurdes (Dona Lurdinha Odon) iniciou seu discurso afirmando ser de acordo com o voto de pesar e os requerimentos apresentados. Falou acerca do encontro dos assentamentos do município de Araruna que está acontecendo nesta mesma data, aonde encontram-se pessoas muito importantes, como a subsecretária do ordenamento agrário de Brasília, o representante do Banco do Nordeste, da Emater e do Incra para que os agricultores possam ouvi-los, proferir críticas, observar e também requisitar. Disse estar muito insatisfeita com a discriminação que o Nordeste tem, já que no sul há um técnico para cada 200 família, e aqui no Nordeste são 600 famílias para apenas 1 técnico, dificultando o discernimento no trabalho desses agricultores. Lembrou também que se uma pessoa trabalha, o correto é essa mesma pessoa receber pelo seu trabalho, mas que em um tempo passado a mesma já fez denúncias de que tinha pessoas recebendo sem trabalhar. Afirmou ainda estar satisfeita com a administração do gestor municipal. Falou acerca de seu requerimento de votos de aplausos para a fotógrafa que vem fazendo um trabalho muito significativo no turismo de Araruna por meio das fotografias por ela explanadas.

 

O vereador Caio Ludgério utilizou de mais alguns minutos da sua palavra para falar acerca do Governador Ricardo Coutinho, que fechou a escola de Mata Velha, as delegacias, que esqueceu o Ginásio do Colégio Benjamim Maranhão, entre várias outras coisas. Pediu ainda para que as pessoas tomem cuidado na hora de votar e que observasse a postura e “benfeitorias” do Governador, esquecendo a cidade de Araruna.

 

O vereador Luís Martiniano também utilizou de mais alguns minutos do seu discurso para concordar em alguns pontos com a fala do vereador Caio Ludgério. Mas afirmou que parabeniza o governo de Ricardo Coutinho porque o mesmo enviou verbas para o município através do prefeito Vital, já que durante os oito anos em que o governador ficou à frente do estado a gestora municipal passada não cobrou nada do governo. Afirmou ainda que Araruna teve filhos desta terra como Deputado Estadual, Deputado Federal, Senado e Governo, mas não destinaram nada para Araruna.  

 

O vereador Francisco Railton (Pepeta) utilizou também mais alguns minutos de sua fala para dizer que o prefeito está perseguindo as pessoas e não está cumprindo suas promessas.

 

A vereadora Lurdinha Odon voltou a tribuna para reafirmar que o povo de Araruna sabe quem faz alguma coisa para Araruna e que nenhum dos vereadores faz a diferença, mas que juntos, todos podem fazer uma Araruna melhor. Afirmou também que é muito triste que quando Zé Maranhão foi governador não teve a ação de estadualizar o hospital de Araruna na época.

 

A sessão contou com a presença dos Vereadores: Adailson Bernardo, Antônio Olinto da Costa, Carlos Antônio de Souza Teixeira, Francisco Railton Neves Pontes, Francisco Edinaldo Pontes Martins, Luís Martiniano, Maria de Lourdes Solano de Macêdo, Caio Ludgério e Rodolfo Cordeiro.

 

Texto: Nayara Soares

Fotos: Divaldo Lima

 


Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Araruna1 | O portal de notícias de Araruna e Região não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrarem.