Araruna
RESUMO DA SESSÃO DA CÂMARA DE VEREADORES DE ARARUNA PB - 31/05/2019; VEJA

Publicado em 04/06/2019 22:26 - Atualizado em 04/06/2019 22:26

Reprodução

Na tarde desta sexta-feira (31/05) aconteceu mais uma sessão ordinária na Câmara Municipal de Araruna/PB – Casa Nô Lima, sob a presidência do vereador Carlos Antônio de Sousa Teixeira, vulgo Toinho Natanael. Para a abertura, em conformidade com a Ordem do Dia, foi lida a ata da sessão anterior (26/04/2019), como também os ofícios, requerimentos, projetos de lei e pareceres.

 

 Veja resumo da sessão:

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O primeiro vereador a discursar, Antônio Bernardo, falou ser de acordo aos requerimentos apresentados. Sobre o projeto de Lei da Rua Angliany Trajano, o qual já foi votado e está sendo substituído por Margarida Freire de Avelar, ele não votará a favor.

 

A vereadora Maria de Lurdes (Dona Lurdinha Odon) iniciou seu discurso saudando a todos. Comunicou que na última quarta-feira houve uma reunião entre o Secretário de Educação, o prefeito, o coronel Brandão e a soldado Iara Teles, no sentido de formar uma parceria para instalar o Programa Resistência às Drogas. Enfatizou o fato de que quando os vereadores se dirigissem a câmara, que fossem de coração limpo porque a Casa está para resolver os problemas do povo. Lembrou que muitas vezes as pessoas propagam coisas que não sabem nas redes sociais. A vereadora se dirigiu ao vereador Caio Ludgério, opinando que o ideal para o projeto de Lei do vereador seria 20% de suplementação.

 

O vereador Antônio Olinto iniciou sua fala saudando a todos. Atentou-se para o fato de que todos temos o direito de se expressar, mas que quando esse direito junta-se as emoções, fica com imagem de picuinhas. Sobre as matérias em pauta, o vereador antecipou o voto se dizendo que se abstém de votar ao Projeto de Lei nº 17, tendo em vista que a obra ainda não foi concluída e ele já votou contra projetos que denominam nomes e que ainda não tinham sido concluídos. Votou contra as emendas nº 1, 2, e 3. Voou favorável à emenda nº 5 da suplementação e a emenda nº 4 das diárias. Desejou um voto de pesar ao familiares de Tico Belém. Finalizou desejando um bom final de semana e uma boa tarde a todos.

 

O vereador Caio Ludgério iniciou saudando a todos presentes. Defendeu as emendas por ele feitas, a respeito inicialmente, do projeto de Lei 17/2019 que diz respeito a suplementação a qual apresenta 8%. Falou ainda sobre o projeto 04/2019, que trata das diárias dos servidores, diminuindo o valor delas para o prefeito, vice-prefeito e secretários; e aumentando as diárias de servidores técnicos e motoristas de R$ 40,00 para R$ 80,00. Mostrou-se favorável a todos os requerimentos apresentados, não sendo favorável apenas a mudança de nome da rua que já é denominada Angliany.

 

O vereador Francisco Ednaldo foi favorável a todos os requerimentos, a emenda do vereador Caio Ludgério; e em relação aos projetos, ia analisar na hora da votação. Finalizou agradecendo a todos.

 

 

Francisco Railton iniciou agradecendo a Deus e saudando a todos presentes na Câmara. Iniciou pedindo a suspensão do projeto de Lei nº 17/2018 e 20/2018. Desejou o voto de pesar aos familiares que tiveram seus parentes falecidos. Pediu que o prefeito continue com a transparência e que se tudo ocorrer da maneira certa, ele será o primeiro a parabenizar o executivo. Finalizou agradecendo a todos.

 

O vereador Adailson Bernardo saudou todos vereadores, ouvintes e colaboradores da casa e a população presente. Parabenizou o cantor Hélio dos Teclados pelas visualizações que conseguiu com a música postada nas redes sociais. Em relação a suplementação, foi favorável à emenda do vereador Caio Ludgério. Mostrou ainda sua indignação com o prefeito, quando o mesmo diz que Araruna é uma suíça paraibana, mas que há animais na rua, inclusive em frente a câmara. Denunciou o Decreto de Emergência do dia 16, em relação a seca, já que há um valor de R$ 500.000,00 para ser gasto com festas.

 

O vereador Luís Martiniano iniciou dando boa tarde a todos. Se apresentou favorável aos requerimentos apresentados e a algumas das emendas apresentadas. Parabenizou a presidência da casa pela sessão especial da discussão da LDO.

 

O vereador Jeferson Targino saudou a todos. Pediu a verificação da existência de legislação que denomina o Ginásio Municipal. Disse ainda que busca fazer seu trabalho da melhor forma, assim como o Prefeito deve estar também. Lembrando também que ninguém é dono da verdade e que ninguém é passível de erros.

  

O vereador Rodolfo Cordeiro iniciou saudando a todos. Salientou que a demora em consertar o carro da prefeitura, deve-se ao fato de que as peças são importadas. Disse ainda que não tem conhecimento de que algum médico deve pedir a alguém que seja encaminhado para fora da cidade algum paciente do Pronto Atendimento. Comunicou que estará chegando mais dois médicos no município, lembrando que a falta de médicos se deve à falta no mercado e não por intermédio do prefeito, já que o Brasil apresenta um grande déficit na área médica. Já em relação a emenda do vereador Caio, ele se absteve do voto, não podendo chegar a um valor final de quanto seria gasto com as mudanças das diárias. Sendo favorável à emenda do vereador Jefferson que pede 20% de suplementação e também a suplementação da emenda do vereador Toinho que pede suplementação para a Câmara.

 

O vereador Antônio Bernardo, falou que sobre as diárias dada ao prefeito, sempre será maior a dele e nunca será colocado a mais para os servidores médios e motoristas. Já em relação ao carro, ele afirmou que as peças existem no Brasil. E também sobre os médicos, ele já ouviu uma cidadã falar que o médico só iria transferir se a secretária de saúde permitisse.

 

O vereador Caio Ludgério usou o tempo restante para esclarecer algumas coisas. Disse que ele tem seu jeito de pensar e que ninguém pode falar por ele. Lembrou também que seu mandato será assim: se tiver de concordar, concordará; e se tiver de discordar, discordará. Disse ainda que pretende disputar a chapa majoritária no próximo ano.

 

O vereador Francisco Railton (Pepeta), retornou à tribuna para falar que a caçamba já faz mais de dois anos que está parada. E em relação aos médicos ele estava lá, e que o médico disse que infelizmente não tinha autorização para transferir o/a paciente.

 

O vereador Adailson Bernardo também retornou à tribuna. Disse ter ficado constrangido com o vereador Antônio Olinto, quando o mesmo o citou em postagens. Sobre a ausência na sessão especial, ele disse que não pôde se fazer presente porque estava a trabalho na cidade de Pombal. Disse ainda que também não gostaria de ouvir as mesmas falácias que o prefeito sempre conta.

 

O vereador Luís Martiniano retornou à tribuna e enfatizou os comentários de algumas pessoas maldosas nas redes sociais, já que você se torna alguém segundo seu trabalho e sua competência. Nas palavras dele, lembrou que todos temos falhas, mas temos que tentar fazer o melhor para a população.

 

O vereador Jeferson Targino retornou à tribuna e disse que as críticas vão e vem, se for aos que estiverem fazendo bem ou mal e que filtra apenas as necessárias, transformando-as em algo que produza frutos. O fato de se posicionar a alguma matéria, não quer dizer que queira mal aos servidores.

 

O vereador Rodolfo Cordeiro teve mais uma oportunidade de retornar a tribuna e salientou de que não se precisa concordar com as decisões de cada um. Enfatizou que o vereador Caio foi infeliz quando não fez a projeção do que seria gasto anualmente em sua emenda apresentada. Atentou-se para o fato de que a festa de São João poderá injetar R$ 200.000,00 em cada noite.

 

O vereador Francisco Ednaldo pediu para que os parlamentares se organizassem para votar e que está de acordo com as palavras do vereador Caio Ludgério, e que sempre será a favor do que é certo. Finalizou desejando um bom final de semana e uma boa noite a todos.

 

O vereador Caio Ludgério voltou à tribuna e disse ao vereador Rodolfo que ele não está dizendo que ele o colocou contra o povo, mas que o povo deverá saber quem votou contra a emenda das diárias. Disse ainda que o prefeito e secretário não comem diferente de um servidor, enfatizando o almoço nordestino, então não haveria motivos para ser contra o povo.

 

O vereador Luís Martiniano retornou mais uma vez à tribuna e disse que não concorda quando um parlamentar diz que não deveria haver festa. Se o carro pipa foi negado a alguém, poderá voltar outro dia e conseguir. Parabenizou o prefeito e disse que este São João será um dos melhores que Araruna já teve. Finalizou pedindo um acordo e consenso para a votação das matérias e a limpeza da pauta.

 

O vereador Jeferson Targino retornou mais uma vez à tribuna e disse que todos que estão na Casa Legislativa já fizeram um voto para defender o bem público. Lembrando que respeita o posicionamento de Caio, assim como também deve ser respeitado seu posicionamento. Lembrando que jamais seria contra o menos favorecido, e que sua postura se dá em relação seu conhecimento técnico na área do Direito. Finalizou desejando um feliz final de semana a todos.

 

Ao final da sessão, o projeto de lei que denomina de Margarida Freire a rua já denominada de Angliany e a emenda que suplementa 8% foram reprovadas. As demais matérias foram aprovadas.

 

Foto: Divaldo Lima

Texto: Nayara Soares