Carros e motos
Veja lista dos 5 carros importados que mais perdem valor depois de um ano

Publicado em 17/06/2019 22:46

Reprodução

O Brasil é um dos países  com medidas mais protecionistas do mundo hoje em dia. Com isso, o segmento de carros importados resiste bravamente com uma série de entraves, entre os quais altas taxas, alíquotas de importação, além da cotação do dólar. Mesmo assim, há quem decida comprar um carro importado por uma série de fatores, entre os quais qualidade, eficiência e nível de sofisticação.

Porém, na hora da escolha, é preciso levar em conta alguns pontos, como o valor de revenda, ou o índice de depreciação dos carros importados . Na lista abaixo, mostrados os 5 modelos que mais desvalorizam depois de um ano conforme estudo da KBB Brasil que levou em conta dos modelos mais vendidos do País de acordo com levantamento da Abeifa (Associação Brasileira dos Importadores de Fabricantes de Automóveis).

5 - Mini Countryman Cooper S - de R$ 170.990 para R$ 144.377 (- 15,6%)

Mini Countryman azul
Divulgação
Mini Countryman S é divertido de dirigir e vem bem equipado, mas está entre os importados que mais perdem valor

 

O SUV da Mini consegue manter a pegada divertida da versão hatch com mais espaço e um pouco mais de disposição para enfrentar trechos de terra. O conjunto bem acertado incluiu motor 2.0 turbo, de 192 cv e bons 28,5 kgfm de torque a meros 1.350 rpm, o que contribui bastante com a agilidade.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

 

Não espere um espaço interno amplo, mas no porta-malas vão razoáveis 450 litros. O nível de equipamentos de série é alto e inclui até luz ambiente personalizada, já que é possível escolher a cor conforme o gosto do freguês. Teto solar panorâmico, sistema multimídia com tela de alta resolução com GPS embutido, tampa do porta-malas com fechamento motorizado entre outros recursos estão entre os destaques.

4 -  Kia Sorento EX S 3.3 - de R$ 210.000 para R$ 176.810 (-15,8%)

Kia Sorento cinza
Divulgação
KIA Sorento vende bem menos que seu irmão menor, o Sportage. E está entre os SUVs que mais desvalorizam

O utilitário esportivo coreano é um dos mais bem equipados da categoria, mas vende bem menos que seu irmão menor, o Sportage. No seu patamar de preço, a questão do "status" conta bastante e as pessoas acabam optando por fabricantes mais tradicionais no segmentos de SUVs de luxo.

O motor de 280 cv e nada desprezíveis 33,6 kgfm de torque tem fôlego, mas a força máxima ee atingida em altos 5.000 rpm, o que exige manter o contagiros lá em cima para conseguir o rendimento ideal. Com isso, aumenta-se o consumo do SUV da Kia , um dos principais pontos fracos do carro.

3 - BMW Serie 540iM Sport - de R$ 411.950 para R$ 338.653 - (- 17,8%)

BMW 540i cinza
Divulgação
BMW Série 5 com motor biturbo é um dos melhores carros importados, mas pede bastante valor, segundo levantamento

 

 O sedã esportivo também aparece na lista dos importados que mais perdem valor depois de um ano, mas está repleto de qualidades. O desempenho está entre as principais. Com motor de 340 cv e brutais 45,8 kgfm de toque, o BMW é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 5,1 segundos e atingir 250 km/h, de acordo com números da fabricante.

Mas carros esportvos costumam perder mais valor que a média das outras versões. Por isso, conforme o estudo da KBB Brasil, o 540iM Sport perdeu 17,8% do valor de tabela do modelo zero quilômetro entre abril de 2018 e o mesmo mês deste ano.

2 - BMW X3 M40i - de R$ 397.950 para R$ 313.541 (-21,2%)

BMW X3 azul
Divulgação
BMW X3 está na lista dos SUVs com melhor desempenho do mercado, mas fique atento ao índice de desvalorização

 

 O SUV da marca alemã também tem o desempenho entre os principais destaques, com ainda mais força que o 540iM Sport. São nada menos que 360 cv e 51 kgfm de torque a apenas 1.520 rpm. Na prática, basta pressionar o acelerador com um pouco mais de vontade para o carro responder com vigor.

Bom de guiar tanto no asfalto quanto na terrra, o X3 M40i é garantia de satisfação ao volante, mesmo com 20,4 cm de distância livre do solo, uma vez que há controles eletrônicos que respondem com bastante rapidez na correção da trajetória, caso necessário. Seguro e bem equipado, o SUV, porém, fica na vice-liderança entre os importados que mais perdem valor conforme a KBB Brasil.

1 - Volvo V40 R-Design T5 - de R$ 176 mil para R$ 136 mil (- 22,6%)

Volvo V40 cinza
Divulgação
Volvo V40 R-Design é o carro importado que mais perde valor depois de um ano conforme os dados da KBB Brasil

 O hatch médio esportivo é um bom carro pelo o que constatamos durante avaliação de iG Carros, mas acaba sendo o campeão de desvalorização, conforme a KBB Brasil. Além de já ter deixado de ser fabricado, o V40 é prejudicado pela baixa procura por modelos do segmento em função da invasão dos SUVs compactos. No caso da Volvo, o XC40, que tem feito sucesso.

A tração apenas dianteira prejudica o equilíbrio dessa versão esportiva do V40, equipada com motor de 240 cv e 35,7 kgfm a meros 1.500 rpm. O enorme volante também é outro ponto contra no V40 T-Design, embora venha com hastes para trocas sequenciais. Entre prós e contras, o carro anda bem. Vai de 0 a 100 km/h em 6,3 segundos e atinge 240 km/h, diz a fabricante, bons números entre os carros importados . 

 

Fonte: Carros - iG @ https://carros.ig.com.br/2019-06-17/veja-lista-dos-5-carros-importados-que-mais-perdem-valor-depois-de-um-ano.html