Direito e justiça
Justiça cassa prefeito e vice de Bom Sucesso e determina novas eleições

Publicado em 03/04/2019 21:12

Reprodução

O prefeito de Bom Sucesso, Pedro Caetano Sobrinho, e a vice, Olyvia Priscila Cavalcante, tiveram os mandatos cassados pela Justiça Eleitoral, conforme consta em publicação oficial do Diário Eletrônico da Justiça Eleitoral da Paraíba desta quarta-feira (3). A decisão, do juiz Fernando de Araújo Paz, da 36ª Zona Eleitoral, também determina a inelegibilidade dos gestores por oito anos.

Segundo a publicação, Pedro Caetano e Olyvia Priscila são acusados de abuso de poder. Eles teriam oferecido um jantar supostamente beneficente, com distribuição de alimentos e bebidas à população. O processo aponta que a festa aconteceu no dia das convenções dos partidos aos quais os gestores são filiados.

Prefeito e vice de Bom Sucesso alegam que são inocentes. Na versão apresentada pela defesa, o jantar aconteceu meses antes da convenção, foi privado e possuiu caráter eleitoral. No entanto, a Justiça entendeu a situação como irregular.

“Oficie-se à Presidência da Câmara Municipal de Bom Sucesso/PB, a fim de que declare a vacância nos cargos de Prefeito e Vice-Prefeita da Municipalidade, bem como para que assuma, interinamente, o cargo de Prefeito Municipal até a diplomação e posse dos candidatos futuramente eleitos em Eleição Suplementar”, concluiu o juiz.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -