Direito e justiça
MP apura denúncias de ‘caixa 2’ e ‘mensalão’ em Câmara da PB

Publicado em 18/01/2019 09:14

Reprodução

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) instaurou dois inquéritos para apurar denúncias de supostas irregularidades na Câmara Municipal de Itatuba, no Agreste paraibano, a 120 quilômetros de João Pessoa. A medida foi publicada nas páginas 15 e 16 do Diário Oficial Eletrônico, dessa quarta-feira (16).

Em uma das denúncias, o atual presidente da Câmara, vereador Telbânio Bezerra de Lima é apontado pela prática de suposto nepotismo. Ele teria nomeado um irmão para um cargo no legislativo municipal.

Inquérito apura ‘caixa 2’ e servidores fantasmas

O inquérito também busca apurar suposta prática de ‘caixa 2’ e nomeação de servidores fantasmas na atual gestão, com utilização dos salários deles para pagamento de propina a vereadores aliados.

A outra denúncia aponta o ex-presidente da Casa, Fernando Manoel de Melo, como responsável pela suposta prática de ‘caixa 2’ e nomeação de fantasmas. A nomeação desses servidores também seria para bancar o pagamento de propina a vereadores no município.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Os casos estão sob a responsabilidade da promotora Cláudia Cabral Cavalcante.

Caso seja constatada a veracidade das denúncias, os gestores poderão responder por improbidade administrativa, maltrato aos princípios da legalidade, impessoalidade e moralidade da administração pública, além de enriquecimento ilícito.