Direito e justiça
Sala alugada por Cida Ramos está entre endereços investigados

Publicado em 14/03/2019 23:25

Reprodução

A deputada estadual Cida Ramos (PSB) confirmou, à Rede Correio Sat, que um dos endereços vistoriados na terceira fase da Operação Calvário, nesta quinta-feira (14), é o escritório que ela alugou a Elvis Rodrigues Farias, marido da secretária de Administração, Livânia Farias — ambos investigados no esquema que teria desviado R$ 1,1 bilhão de recursos públicos a serem investidos na Saúde.

Segundo Cida Ramos, outras salas de propriedade da família Farias também foram alvos de mandados de busca e apreensão. Os escritórios ficam no edifício comercial Central Park, na Avenida Epitácio Pessoa, o principal corredor da capital paraibana. A deputada se isentou de qualquer envolvimento com a investigação.

“A sala que eu aluguei está prevista na Viap, que é uma verba de gabinete a qual todo deputado tem direito. A busca e apreensão não foi em nome da minha pessoa. O dono da sala é quem foi alvo do mandado, então foram todas as salas que ele possui. Me ligaram, perguntaram se eu podia ir lá. Eu cedi a chave e mandei a secretária ir lá. Então, da minha parte, está tudo legalizado, com o contrato registrado em cartório”, disse Cida Ramos, acrescentando que o acordo foi firmado há dois ou três meses.

* Com Sandra Macedo, da Rede Correio Sat.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -