Economia
BB e Caixa abrem contas de doação e agências móveis em Brumadinho
Tragédia na Mina Córrego do Feijão deixou muitas pessoas desabrigadas. Recursos serão usados para necessidades urgentes da população local afetada pelo rompimento da barragem

Publicado em 28/01/2019 15:01

Reprodução

A Caixa e o Banco do Brasil anunciaram a abertura de contas para receber doações para Brumadinho e a abertura de agências móveis para atendimento à população do município, que enfrenta as consequências do rompimento de uma barragem. A tragédia na Mina Córrego do Feijão, nos arredores de Belo Horizonte (MG), deixou pelo menos 37 mortos. Quase 200 pessoas foram resgatadas desde o acidente, ocorrido na tarde da última sexta-feira.

A conta corrente do Banco do Brasil é em nome da prefeitura local para receber doações: agência 1669-1, conta 200-3 (SOS Brumadinho), CNPJ 18.363.929/0001-40. O recurso será usado para necessidades urgentes da população local afetada, informou o banco.

Segundo o banco, a gestão dos recursos deve ser compartilhada. Nesta segunda-feira (28), haverá uma reunião entre Banco do Brasil, prefeitura, Ministério Público e a Justiça local, para discutir sobre a aplicação dos recursos e a prestação de contas.

A agência móvel do Banco do Brasil entra em funcionamento hoje e reforçará o atendimento oferecido pela agência local, que não foi afetada pelo rompimento da barragem.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A Caixa fará atendimento por meio um caminhão-agência a partir desta terça (29) para reforçar o atendimento bancário na cidade.

A Agência da Caixa em Brumadinho abrirá uma hora mais cedo nesta segunda, fechando também uma hora mais tarde para garantir o atendimento às pessoas da cidade.

A Caixa também abrirá uma conta para receber as doações. Os dados da conta corrente, em nome da Defesa Civil, serão divulgados nesta segunda-feira.