Entretenimento
Filme rodado na Paraíba estreia em 20 cidades brasileiras

Publicado em 24/09/2019 09:36

Reprodução

O filme "Ambiente Familiar", de Torquato Joel estreia nesta quinta-feira (26), em 20 cidades brasileiras.

 O longa-metragem foi rodado em várias cidades da Paraíba, como João Pessoa, Cabedelo, Conde (Tambaba e Tabatinga), Guarabira e Bananeiras, porém será exibido apenas no Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Salvador, Porto Alegre, Recife, Fortaleza, Brasília, Belo Horizonte, Curitiba, Natal, Maceió, Aracaju, Campo Grande, Cuiabá, Londrina, Santos, São José dos Campos, Vitória e Ribeirão Preto.

 

O filme foi patrocinado pelo Edital Walfredo Rodriguez, da Prefeitura
Municipal de João Pessoa (PMJP) por meio de sua Fundação Cultural
(Funjope).

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Primeiro longa-metragem de Torquato Joel, também autor do roteiro, “Ambiente Familiar” discute o conceito de família a partir da história de Alex, Fagnere Diógenes, três amigos que moram juntos, mas a relação entre eles vai muito além de uma mera divisão de despesas da casa. Eles forjam uma nova ordem familiar no esforço para superar os impactos vividos nas pobrezas afetivas e sociais de suas infâncias.

 

Com Alex Oliveira, Fagner Costa e Diógenes Duque como protagonistas, “Ambiente Familiar” tem ainda no elenco Marcélia Cartaxo, Matheus Henrique, Luiz Henrique Silva, Joaquim Lucena Viana, Zezita Matos, Kassandra Brandão, Verônica Cavalcante, Fernando Teixeira, Soia Lira e Cely Farias.

A produção executiva é Nina Rosa e Metilde Alves para a Extrato de Cinema. A direção de fotografia é de Beto Martins, a direção de som de Léo Bortolin, direção de arte, figurino e visagismo de Romero Sousa, direção de animação de João Mário T. Araújo, montagem de Diego Benevides e produção executiva de Nina Rosa e Metilde Alves.

 

 O diretor 

Jornalista formado pela Universidade Federal da Paraíba(UFPB), Torquato Joel estudou cinema na Association Varan de Paris (França) e no Atelier de Cinema Direto da UFPB. Realizou “Passadouro”, “Transubstancial” e À Margem da Luz”, dentre outros curtas-metragens. Alguns de seus filmes foram premiados em festivais nacionais e outros foram selecionados para festivais internacionais como Roterdã (Holanda) e Huesca (Espanha). Foi editor do fanzine de cinema “A Tela Demoníaca”.

Investimento no audiovisual 

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio de sua Fundação Cultural (Funjope), vem investindo cada vez mais no audiovisual. No total, já foram produzidos pelo Edital Walfredo Rodriguez 45 filmes, entre longas, telefilmes, medias e curtas-metragens, com investimentos de R$ 7.975.000, somando os três editais já lançados.

De acordo com o diretor Torquato Joel, o Edital Walfredo Rodriguez é hoje o grande incentivador da produção de cinema na Paraíba. “O Walfredo Rodriguez vem qualificando e profissionalizando o nosso cinema. Em pouco tempo de existência do Edital, a produção tem conquistado respeito e admiração com premiações em importantes festivais no Brasil e no exterior. Com o Edital, o nosso cinema leva a cultura, as paisagens e a imagem do povo paraibano para muito além do nosso território. Lamentável é não termos um edital estadual para estimular a produção fora da Grande João Pessoa”.