Entretenimento
‘Quadrinhos Intuados’ anuncia programação e inscreve para oficina

Publicado em 13/08/2019 22:13

Reprodução

Exposição, oficina, feira, debate, exibição de filmes. A programação do Quadrinhos Intuados 2019, que integra o festival Agosto das Letras, foi divulgada e abriu inscrições para oficina de quadrinhos. O evento será nos dias 16, 17 e 18 deste mês, na Gibiteca Henfil, na Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc), em João Pessoa.

A programação começa no dia 16, a partir das 18h, com a abertura da exposição ‘A Jornada de um Herói – Trajetória de 40 anos de Quadrinhos de Mike Deodato’. A curadoria é de Paloma Diniz e poderá ser vista até o dia 31 de agosto.

Sábado, dia 17, e domingo, dia 18, das 9h ao meio-dia, tem a oficina ‘Histórias em Quadrinhos – da Ideia à Publicação’, com o quadrinista baiano Hugo Canuto. As inscrições podem ser feitas presencialmente na Gibiteca Henfil ou através do e-mail funesc.quadrinhos@gmail.com.

No programa de debates tem um bate papo com Mike Deodato e Hugo Canuto, sob mediação de Paloma Diniz, no sábado às 15h, e no domingo no mesmo horário, um bate papo com os artistas Raoni Assis e Shiko, sob mediação de Daslei Ribeiro, sobre adaptação de mídias para quadrinhos.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O evento também inclui uma grande feira de quadrinhos realizada pela Comic House. A ‘Top, Top!’ que ficará aberta à visitação sábado e domingo, das 14h às 20h30.

Mostra Cinema e Quadrinhos

Composta por uma retrospectiva de curtas e uma sessão especial de longa-metragem, a Mostra Cinema e Quadrinhos, com curadoria de André Dib, busca refletir a diversidade estética e temática provocadas pela relação entre cinema e quadrinhos. Filmes de diferentes modalidades (ficção, documentário), técnicas (live action, animação), origens e épocas formam assim um panorama da produção brasileira dos últimos dez anos.

‘Cidade dos Piratas’

No sábado à noite, a partir das 19h, no Cine Banguê a programação terá uma sessão especial do longa ‘Cidade dos Piratas’ (RS, 2018), de Otto Guerra (sessão seguida de debate com o diretor).

Essa ficção gaúcha com 80 minutos de duração é baseada na vida e obra da cartunista Laerte Coutinho. A sinopse é a seguinte: um diretor de cinema se vê diante de uma situação complexa no meio da produção de seu longa.

O autor da história passa a negar os Piratas do Tietê, personagens principais da trama já quase pronta. Em uma tentativa desesperada de salvar sua produtora e terminar o filme, ele decide contar seu drama, criando um labirinto caótico entre a ficção e a vida real.

Retrospectiva de Curtas

No domingo, a partir das 19h, acontece a Retrospectiva de Curtas, a lista de filmes inclui ‘O consertador de coisas miúdas’ (PE, 2017, Marcos Buccini), ‘A guerra dos gibis’ (SP, 2012, Thiago B. Mendonça e Rafael Terpins), ‘Dossiê Rê Bordosa (SP, 2008, César Cabral), ‘Angeli 24h’ (SP, 2010, Beth Formaggini) e a ‘A vida plural de Layka’ (PE, 2012, Neco Tabosa). A mostra também inclui o debate com os realizadores do trabalho ainda em andamento ‘O azul indiferente do céu’ (PB, Shiko e Carlos Dowling), a ser lançado em 2020.