Esporte
Com saída de Borrachinha, Romero quer luta com Anderson Silva no UFC Brooklyn

Publicado em 08/11/2018 22:01

Reprodução

O confronto entre Yoel Romero e Paulo Borrachinha estava escalado para ocorrer no UFC Brooklyn, dia 19 de janeiro de 2019. No entanto o brasileiro sofreu uma lesão no bíceps e foi retirado do card. Segundo o jornalista do canal norte-americano ESPN, Ariel Helwani o Ultimate planejava oficializar o combate entre Romero e Borrachinha como luta principal do evento em Nova York (EUA). Com a saída do rival, o cubano convocou Anderson Silva para ser o substituto do confronto. 

‘Spider’ estará autorizado a retornar ao octógono no dia 10 de novembro após cumprir a suspensão de um ano imposta pela USADA. Anderson afirmou que faria seu regresso a organização em janeiro de 2019. O brasileiro recentemente desafiou Conor McGregor para um luta no peso casado. No entanto o irlandês não respondeu ao ex-campeão.

Yoel Romero vive um momento irregular na organização ao ser derrotado duas vezes pelo campeão dos médios Robert Whittaker. Porém ‘Soldier of God’ venceu atletas como Luke RockholdChris Weidman, Ronaldo Jacaré e Lyoto Machida. O cubano tem um cartel de 16 combates sendo 13 triunfos e três reveses.

Aos 43 anos Anderson Silva fez seu último combate contra Derek Brunson. ‘Spider’ venceu por uma polêmica decisão unânime. Foi a primeira vitória do brasileiro em cinco anos. Após ser superado por Chris Weidman em 2013 e perder o cinturão dos médios, o lutador somou três derrotas e uma luta sem resultado em seu cartel.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -


Educação e cursos
Abertas Abertas as inscrições para o curso “Breve História da Arte Moderna e Contemporânea”, com o artista plástico e professor Sidney Azevedo. As inscrições são gratuitas e presenciais, sendo necessário preencher e assinar a ficha de inscrição que está disponível na recepção do prédio administrativo da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, no Altiplano. As aulas têm previsão para começar no dia 8 de maio deste ano. Estão sendo ofertadas 50 vagas. As aulas acontecerão no turno da tarde, todas as quartas-feiras, das 15h às 17h. O curso ao mesmo tempo em que irá capacitar os funcionários da Estação Cabo Branco também é aberto ao público. “A perspectiva deste curso é estabelecer um núcleo contínuo de estudos para aprimoramento do nível teórico e prático dos profissionais que atuam na área de competência das artes, incluindo os profissionais das demais áreas do conhecimento”, comentou o professor Sidney Azevedo. O curso terá duração total de 48h/aula e será desenvolvido em quatro módulos de 12h, distribuídos em seis meses. Perfil de Sidney Azevedo Sidney Azevedo é mestre em História da Arte, Crítica e Processos de Criação pela PPGAV/UFPB/UFPE. Professor de Artes Visuais da Sedec PMJP, com exposições coletivas e individuais dentro e fora do País. Licenciado em Artes Visuais pela UFPB. Também foi professor de instituições como o Centro Universitário de João Pessoa (Unipê) e a Fundação de Apoio ao IFPB (Funetec/PB). Foi diretor do Casarão 34, Unidade Cultural da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) e da Casa da Pólvora, no Centro Histórico.para curso de história da arte na Estação Cabo Branco