Esporte
Paratletas da Paraíba conquistam 12 medalhas no Parapan de Lima

Publicado em 02/09/2019 09:56

Reprodução

Todos os paratletas paraibanos que estiveram nos Jogos Parapan Americanos realizados em Lima, no Peru conquistaram medalhas, dez delas foram de ouro, uma de prata e uma de bronze, sendo esta última conseguida por Ailton de Andrade, no halterofilismo.

Os primeiros colocados nos pódios foram: no atletismo: Petrúcio Ferreira nas provas dos 100 e 400 metros rasos; Ariosvaldo Fernandes, na corrida com cadeira de rodas e Cícero Valdiran, no lançamento de dardo. Petrúcio, ainda levou uma prata no revezamento 4 por 100.

No futebol de cinco para deficientes visuais, Luan Lacerda e Matheus Costa; no taekwondo, Silvana Cardoso e no goalball masculino, Émerson Silva e José Roberto. A Paraíba ainda brilhou com mais ouro no vôlei sentado, através de Agtônio Dantas e Maria Luzineide também no halterofilismo.

“Uma marca impressionante que os paraibanos conseguiram em Lima, nos Jogos Parapan Americanos, o que mostra o avanço do segmento aqui no estado”, disse Jean Azevedo, gerente executivo do para-desporto da Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Os integrantes das comissões técnicas também brilharam, já que no futebol de cinco, o técnico Fábio Luiz, o assistente Josinaldo Costa, o fisiologista Alexandre Sérgio e o fisioterapeuta Halekson Barbosa, são paraibanos. Na equipe de goalball feminino, que também venceu o ouro, tivemos o técnico Dailton Freitas e o auxiliar, Jonatas Castro. Já no atletismo, o treinador Pedro de Almeida e na natação, modalidade responsável por inúmeras medalhas pelo Brasil, o enfermeiro, Adeilton Dantas.

“Os para-atletas aqui da Paraíba demonstraram garra e muita vontade de competir e vencer, pois conseguiram essa grande marca em trazer 12 medalhas, sendo dez de ouro, uma de prata e uma de bronze concretizando a incrível marca de todos que foram, voltar com o objetivo conquistado nesse evento importantíssimo. Além deles, os que trabalharam nas comissões técnicas, embora não tenham o direito a medalha, mas foram imprescindíveis para esta marca não só para o estado, como também para o Brasil, que somou mais de 300 medalhas, superando os Estados Unidos no quadro geral”, ressaltou o secretário Hervázio Bezerra, titular da Sejel.

Os Jogos Parapan Americanos realizados em Lima, no Peru, tiveram o início no dia 23 de agosto e o término neste domingo (1º). O evento é uma realização do Comitê Paralímpico das Américas. No quadro geral de medalhas, o Brasil foi o primeiro geral com 308 medalhas, seguido pelos Estados Unidos, com 185.