Mundo
França multa Google em 50 milhões de euros por violação de lei de privacidade na UE

Publicado em 22/01/2019 22:07

Reprodução

A agência de proteção de dados da França multou o Google nesta segunda-feira (21) em 50 milhões de euros (cerca de R$ 213 milhões) por violação de regras de privacidade da União Europeia.

É a maior penalidade do tipo imposta contra uma companhia de tecnologia dos Estados Unidos, relata a agência Reuters.

O regulador francês afirmou que o Google não é transparente e claro na maneira como informa usuários sobre como dados pessoais são coletados em seus serviços, incluindo o YouTube, o Mapas e o mecanismo de busca, para apresentação de anúncios publicitários personalizados.

Regras mais duras

A Regulação sobre Proteção Geral de Dados (GDPR) da UE, a maior reforma em leis de privacidade de dados em mais de duas décadas, entrou em vigor em maio do ano passado.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Ela permite aos usuários um melhor controle sobre seus dados pessoais e dá às autoridades o poder de impor multas de até 4% da receita global em caso de violações.

"O montante decidido e a publicidade da multa são justificados pela gravidade das infrações observadas", disse a agência francesa.

O Google afirmou que está "profundamente comprometido em cumprir as exigências de consentimento da GDPR".

Outras multas

Em 2012, o Google foi multado nos EUA em US$ 22,5 milhões, também por invasão de privacidade.

Em outubro passado, pelo mesmo motivo, o Facebook recebeu uma multa simbólica de 500 mil libras (US$ 644 mil) no Reino Unido, pelo caso da Cambridge Analytica.

Dois meses depois, a rede social também foi multada na Itália, em 10 milhões de euros, por venda de dados de usuários.