Política
Acordo nacional coloca relação entre Cássio e Daniella em xeque, na PB

Publicado em 09/08/2018 21:45

Reprodução

O prefeito Luciano Cartaxo (PV) anunciou que o seu irmão e pré-candidato ao Governo da Paraíba, Lucélio Cartaxo (PV) vai apoiar a candidatura de Marina Silva (Rede) a presidente da República.

 

Cartaxo justificou a decisão em razão da parceria firmada entre PV e Rede em nível nacional, destacando que esse é o melhor caminho para a candidatura do irmão.

“Nós temos uma coligação firmada a convite da própria Rede e da candidata a presidência, Marina. São dois partidos que têm uma sintonia e nacionalmente estamos entendendo que esse é o melhor caminho. Vamos continuar esse entendimento para dar cada vez mais força”, declarou.

O detalhe estranho da escolha é que a Rede de Marina Silva ignora o anúncio da família Cartaxo e apoiará João Azevedo (PSB) na Paraíba.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A decisão dos irmãos também não foi bem digerida nos bastidores e já provoca escaramuças com os aliados do PSDB e do PP, que lançaram na semana passada a chapa Geraldo Alckmin (PSDB) e Ana Amélia (PP).

Em sua chapa, Lucélio Cartaxo oficializou dois tucanos (Cássio Cunha Lima e Micheline Rodrigues) e uma progressista (Daniella Ribeiro). Todos deverão pedir votos para a chapa encabeçada por Alckmin, porém, sem a presença do candidato a governador, que optou por Marina.

Os integrantes do palanque, como água e óleo, não vão se misturar.


Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Araruna1 | O portal de notícias de Araruna e Região não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrarem.