Política
Paraibanos mantêm posições na Reforma da Previdência; veja como votou cada deputado

Publicado em 07/08/2019 09:45

Reprodução

Na madrugada desta quarta-feira (07) o plenário da Câmara dos Deputados aprovou o texto-base da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) da reforma da Previdência, em segundo turno. Foram 370 votos a 124 – uma folga de 62 votos em relação ao mínimo necessário para que a proposta pudesse avançar.

O placar foi menor do que os 379 favoráveis no primeiro turno – o quórum também foi menor 394 contra os 510 nas votações de julho. Os votos contrários também diminuíram de 131 para 124.

Os deputados paraibanos mantiveram as posições tomadas no primeiro turno. Votaram favoráveis à proposta: Aguinaldo Ribeiro (PP), Edna Henrique (PSDB), Efraim Filho (DEM), Julian Lemos (PSL), Pedro Cunha Lima (PSDB), Ruy Carneiro (PSDB), Wellington Roberto (PL) e Wilson Santiago (PTB).

Foram contrários à proposta: Damião Feliciano (PDT), Frei Anastácio (PT), Gervásio Maia (PSB) e Hugo Motta (PRB).

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Em âmbito nacional, além da manutenção da elevada taxa de apoio do grupo pró-reforma, também chamou atenção a manutenção do alto grau de infidelidade nos opositores PSB e PDT, partidos que haviam fechado questão contra a reforma.