Religiosidade
Prefeitura nega que esteja cobrando por ocupação de igrejas

Publicado em 23/09/2018 09:08

Reprodução

A Prefeitura de Conde distribuiu nota oficial nessa quinta-feira (20), após circular informações sobre cobrança, por parte da gestão municipal, relativa à ocupação de espaços públicos para realização de celebrações, cultos e similares das Igrejas sediadas no município.

“As Igrejas sediadas no Município de Conde são isentas de qualquer cobrança por parte da Gestão Municipal relativa à ocupação de espaços públicos para realização de celebrações, cultos e similares, ou quaisquer encontros de natureza cultural destinados à socialização e integração das comunidades que as compõem.”

A nota esclarece ainda que “desde o início da atual gestão, no ano de 2017, apenas um pedido de autorização, em conformidade com a legislação vigente, foi encaminhado à Prefeitura para realização de um evento, autorização concedida com a dispensa de taxa que por força de lei é cobrada aos demais setores da coletividade. Nada foi cobrado, nenhum valor pecuniário foi solicitado ou exigido até a presente data, pela Gestão Municipal a qualquer instituição religiosa.”

Fake news

A Prefeitura enfatiza, portanto, que não são verdadeiras as informações veiculadas nos últimos dias na Internet e através de aplicativos de telefonia móvel sobre cobrança de qualquer taxa a representantes de igrejas do município.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

“Finalmente, lamenta a disseminação de notícias falsas cujo propósito obscuro se desdobra em desinformação e tenta comprometer o diálogo transparente que a Gestão Municipal, através da Prefeita e sua equipe, realiza com a população, diálogo que será mantido a despeito de iniciativas negativas como a que motivou esse esclarecimento.”


Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Araruna1 | O portal de notícias de Araruna e Região não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrarem.