Saúde
PB cumprirá prazo de 30 dias para diagnosticar câncer, diz secretário

Publicado em 31/10/2019 18:11

Reprodução

Foi sancionada a lei que prevê que exames para diagnóstico de câncer devem ser feitos em até 30 dias pelo Sistema Único de Saúde (SUS), após a primeira suspeita do médico. A medida foi divulgada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (31). Na Paraíba, a lei deve ser cumprida sem problemas, segundo garantiu o secretário de Saúde, Geraldo Medeiros.

Ao Portal MaisPB, o secretário afirmou que o Estado é responsável pelo diagnóstico do câncer apenas no Hospital do Bem, localizado no município de Patos. Na unidade, segundo ele, o prazo já vem sendo cumprido. “Essa é uma lei federal e vamos cumpri-la”, reforçou.

Os demais hospitais que também fazem diagnóstico do câncer, como o Hospital São Vicente de Paulo, o Napoleão Laureano, A Fundação Assistencial da Paraíba (FAP), além dos Hospitais Universitários, são filantrópicos e não são controlados pelo estado.

Segundo Medeiros, atualmente o tempo de diagnóstico varia de acordo com o tipo de oncologia e o câncer de mama é um dos que tem a melhor aparelhagem para identificar a doença na Paraíba. Ele também avaliou a lei como positiva para os pacientes.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

“É um benefício para os portadores do câncer que têm dificuldade para ter acesso e confirmar o diagnóstico, para fazer uma biópsia e realizar os exames necessários”, pontuou.