Saúde
Rússia diz que vacina contra Covid Sputnik V é 92% eficaz, segundo análise preliminar da fase 3

Publicado em 12/11/2020 19:17

Reprodução

Após a Pfizer e BioNTech anunciar que a candidata a vacina contra a covid-19 tem 90% de eficácia, a Rússia anunciou, em comunicado divulgado nesta quarta-feira (11), que a vacina Sputnik V, desenvolvida pelo Instituto Gamaleya, é 92% eficaz, de acordo com dados preliminares de estudos de fase 3 conduzidos no país.

Apesar do anúncio, os resultados ainda não foram revisados por outros cientistas, etapa que é necessária para a publicação em revista científica.

De acordo com o Instituto, a eficácia foi calculada com base em 20 casos confirmados de covid, que ocorram tanto em voluntários que tomaram a primeira dose da vacina quanto naqueles que receberam o placebo. O estudo russo tem 40 mil voluntários.

Na prática, se uma vacina tem 92% de eficácia, isso significa dizer que a pessoa tem 92% menos chance de pegar a doença se for vacinada do que se não for.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O governo russo informou ainda que não houve eventos adversos inesperados durante os ensaios e que o monitoramento dos participantes ainda está em andamento.